Categorias
Exercícios Saúde

Top 10 – Músicas Para Turbinar Seus Treinos

Muitas pessoas associam bons momentos da vida a alguma música. A musica serve para muitas pessoas como uma motivação e descontração em situações difíceis.

A atividade física exige bastante do ser humano sendo um momento cansativo, ao qual muitas pessoas dedicam um tempo logo a pós o trabalho diário para realiza-la.

Ouvir uma boa música enquanto pratica uma atividade física é capaz de gerar um gás a mais em seus treinos.

Existem muitas plataformas com playlist voltadas para atividade física. Aplicativos como o Deezer, Spotify etc, podem lhe proporcionar momentos maravilhosos durante sua atividade de musculação.

Criamos logo abaixo as musicas mais ouvidas durante os treinos físicos. Fique a vontade para compartilhar qual musica ou ritmo você gosta de ouvir enquanto treina.

  1. Drake – “One Dance”
  2. Calvin Harris – “This Is What You Came For”
  3. Gusttavo Lima – “Milu”
  4. Mike Posner – “I Took A Pill In Ibiza – Seeb Remix”
  5. Rihanna – “Work”
  6. Tinashe All – “Hands On Deck – Giraffage Remix”
  7. Jonas Blue – “Fast Car – Radio Edit”
  8. Rihanna – “Bitch – Better Have My Money”
  9. Luan Santana – “Quando a BAD Bater”
  10. The Chainsmokers – “Don’t Let Me Down – Hardwell & Sephyx Remix”

Essas músicas com certeza irão turbinar seus treinos.

Categorias
Saúde

Exagerou Na Dose? Veja 7 Dicas Infalíveis Para Curar a Ressaca

A melhor forma de evitar a ressaca é simples, porém não é tão fácil. É só beber pouco ou nada. Como eu sei que muitas vezes passamos dos limites e exageramos na quantidade de bebida resolvi escrever esse artigo sobre como curar a ressaca com 7 coisas simples e surpreendentes.

Você ainda vai ver alguns “remédios” que parecem que funcionam, quando na verdade não são bons para curar a ressaca.

Como Curar a Ressaca com 7 Coisas Simples e Surpreendentes

1. Isotônico (Gatorade)

O excesso de álcool tem efeito diurético, fazendo você eliminar muito líquido. As bebidas esportivas ou isotônicos são ricos em sais minerais e auxiliam a repor o líquido perdido durante a ressaca.

2. Água de coco (e água)

Acredito que você tenha muita sede quando fica de ressaca. O excesso de álcool faz com que você elimine muito potássio e sódio. A água de coco vai te ajudar a repor os minerais perdidos e ainda vai te hidratar.

Outra opção para te ajudar na hidratação é a água. Provavelmente ela é uma das poucas bebidas que você já devia consumir quando fica de ressaca.

3. Omelete (ou bom café da manhã)

Nada como um bom café da manhã. Quando você está de ressaca, um café da manhã reforçado e equilibrado é um ótimo remédio. Principalmente, um omelete. Já explico melhor.

Algumas vezes a ressaca pode diminuir os níveis de açúcar no seu sangue. Quando isso acontece você apresenta sintomas como fraqueza e dor de cabeça.

Para melhorar, você deve comer uma refeição nutritiva. Pode ser no jantar (ou ceia) depois de beber ou só no café da manhã mesmo.

O omelete é uma excelente opção, já que o ovo é rico em glutationa que é um ótimo aliado na “cura da ressaca”. A proteína encontrada no ovo auxilia a reverter o processo de intoxicação provocado pelo excesso de álcool no organismo.

4. Gengibre

O gengibre é um excelente remédio natural. Ele contém gingerol, que estimula a secreção do suco gástrico e protege o fígado (efeito hepatoprotetor). E ainda auxilia na redução de enjoos e náuseas. Além de tudo isso, o gengibre é um ótimo anti-inflamatório natural.

Você pode usar o gengibre para fazer chá, suco ou pratos como frango xadrez. Para um melhor efeito, recomendo que você tome um chá de gengibre, com umas duas lascas dele em água quente. Deixe descansar por aproximadamente 5 minutos e depois tome.

Se quiser entender mais sobre todas as propriedades do gengibre, veja esse artigo que escrevi sobre esse remédio natural.

5. Banana

Assim como citado anteriormente, você perde potássio quando bebe muito. E nada como uma banana para repor parte desse potássio. E a fibra da banana ainda pode funcionar como uma ótima reguladora intestinal.

Peixe, iogurte, abacate, molho de tomate, batata são outros alimentos que contém bastante potássio e podem auxiliar também.

6. Chá de boldo

Esse chá é ótimo para aliviar os efeitos da ressaca, porque além de ser digestivo, ele protege o fígado. Assim como o gengibre.

7. Dormir bem

Quando você está de ressaca, você está doente. Por isso, nada melhor do que deixar seu corpo se recuperar enquanto você dorme . Por isso, durma bem para diminuir o mal estar.

Ter uma boa noite de sono é um dos melhores e mais fáceis remédios naturais para curar a ressaca.

Novo Remédio

Em março de 2015, foi publicado um estudo em que foi criado o remédio “PartySmart” que traduzido ao pé da letra significa “festa inteligente”. De acordo com os criadores do remédio, ele deve ser tomado 30 minutos antes de beber para prevenir os sintomas da ressaca e ficar bem no dia seguinte. Saiba mais sobre o remédio aqui.

Remédios que Não Funcionam para Curar a Ressaca

Beber mais bebida alcoólica

Tem gente que pensa que beber mais vai evitar a ressaca, mas isso pode ser muito prejudicial. Beber mais enquanto está de ressaca faz você sobrecarregar seu fígado, podendo gerar até doenças sérias como cirrose.

Café

Assim como a bebida alcoólica, o café (e a cafeína) são diuréticos e por isso não são recomendados para minimizar os efeitos da ressaca.  A única coisa de bom que o café pode fazer é te deixar mais acordado e com menos sono.

Comida gordurosa

Dizer que comida gordurosa diminui a absorção de álcool é até verdade. Os alimentos gordurosos auxiliam na criação de uma capa de gordura no intestino que faz com que o álcool seja absorvido mais lentamente.

Porém, quando você está de ressaca seu corpo já absorveu o álcool e por isso não adianta você comer depois de beber. Além disso, o mais importante é que a comida gordurosa pode te deixar mais enjoado e (normalmente) não é uma comida saudável.

Entenda melhor sobre as gorduras (gordura saturada e gordura trans) e seus efeitos no nosso organismo.

Sauna

Muita gente pensa que as toxinas podem sair através do suor, mas isso não é verdade (6).

O álcool não vai sair pelos seus poros enquanto você está na sauna. Mesmo porque quando você está de ressaca, o álcool já foi processado no fígado. E para piorar, você ainda está desidratado.

A sauna pode te deixar ainda mais desidratado. O suor que sai do seu corpo durante a sauna serve para manter a temperatura do seu corpo e não para remover as toxinas como muitos pensam. O principal órgão responsável pela eliminação das toxinas é o fígado.

Além disso, fazer sauna enquanto você está desidratado pode causar sérios riscos para a saúde do seu coração.

Como Evitar a Ressaca – Melhor prevenir do que remediar

A ressaca nada mais é do que “envenenamento pelo álcool”. Dor de cabeça, sonolência, suor, tontura, dificuldade de concentração, náusea, ansiedade, esses são os principais sintomas da ressaca que você deve conhecer bem. Esses sintomas também se parecem com os sintomas da desidratação.

É fácil apontar o melhor remédio pra ressaca que é beber com moderação para evitar o mal estar do dia seguinte. Para isso, você precisa conhecer seus limites. Saber até quando pode beber e quando tem que parar.

Na verdade, não existe uma “cura para ressaca” (1). Existem apenas coisas que vão minimizar os efeitos dela. Por isso, evite o exagero na hora de beber. Intercale água enquanto toma bebida alcoólica, não fique muito tempo sem comer enquanto bebe, não beba quando está sem comer a muito tempo. Essas são algumas dicas básicas para você evitar a ressaca.

Melhor Remédio para Ressaca

O melhor remédio é a PREVENÇÃO!

De acordo com uma pesquisa de 2015 (7), beber muita água e comer antes de beber muito não garantem que você não fique de ressaca. Quando você bebe muito mais do que deveria, não tem remédio para a ressaca. Por isso que eu repito, o melhor é prevenir a ressaca. Esses 7 remédios que eu citei são para diminuir os efeitos gerados pelo exagero de álcool.

E não se esqueça de prestar atenção nos remédios que parecem que funcionam, mas não são bons para curar a ressaca.

 

Categorias
Saúde

12 Remédios Naturais Para Gastrite e Refluxo (COMPROVADO!)

Quer saber o melhor tratamento natural para gastrite e refluxo? 

É simples! Para isso, você precisa saber o que é indicado e o que não é. Existem alguns medicamentos e alguns alimentos que devem ser evitados. Descubra a seguir quais são eles. Veja os 12 melhores remédios naturais para gastrite e refluxo.

12 Melhores Remédios Naturais do Tratamento para Gastrite e Refluxo

Para descobrir quais são remédios naturais são e quais não são indicados para o tratamento de gastrite e para o de refluxo, eu fiz muitas pesquisas. Já que as duas são doenças gastrointestinais, o tratamento para elas pode ser similar.

A seguir, você pode acompanhar o resultado dessa pesquisa baseada em estudos recentes e comprovados a respeito do melhor tratamento natural para gastrite e refluxo.

Agora vamos aos 12 Melhores Remédios Naturais para Gastrite e Refluxo:

  • #1 – Couve: protege o estômago da queimação, funcionando como uma espécie de cicatrizante. Uma vantagem da couve é que você pode ingeri-la de várias formas diferentes: caldo verde, suco verde, salada ou refogada.
  • #2 – Chucrute: é um alimento fermentado que contém bactérias benéficas que auxiliam sua flora intestinal. Legumes fermentados também apresentam altos níveis de antioxidantes e fibras para auxiliar na digestão.
  • #3 – Iogurte desnatado – funciona como um probiótico, assim como o chucrute, que auxilia na digestão
  • #4 – Kefir– é outro probiótico, considerado até melhor do que o iogurte. O mais indicado é o kefir de água de coco.
  • #5 – Aloe vera (babosa): tem propriedades anti-fúngicas, antibacterianas e anti-virais. Também é um ótimo anti-inflamatório, o que pode ajudar a aliviar os sintomas do refluxo e da gastrite. Ela pode ser ingerida como suco ou em gel.
  • #6 – Biomassa de banana verde: regula o intestino e auxilia na digestão.
  • #7 – Chá de hortelã: é indicado para quem sofre de gastrite. Porém, não é indicado para quem sofre de refluxo gástrico, pois ele pode relaxar o músculo que separa o estômago do esôfago. Esse músculo tem a função de prevenir que os ácidos do estômago “voltem” pelo esôfago.
  • #8 – Morango: pode auxiliar na prevenção da inflamação do estômago gerada pela gastrite. E ainda pode auxiliar no tratamento da gastrite e de outras doenças devido suas propriedades antioxidantes e alto teor de compostos fenólicos (antocianas) que protegem as células saudáveis contra a oxidação dos radicais livres. Outras frutas não ácidas como a banana, maçã, mamão e pêra podem auxiliar na digestão e diminuir os sintomas da gastrite.
  • #9 – Limão: apesar de ser uma fruta ácida, existem profissionais que indicam o limão como remédio natural para tratamento da gastrite, pois o limão estimula a produção de carbonatos e bicarbonatos orgânicos no nosso organismo. E o ácido cítrico se oxida, atuando como uma base. Tais substâncias, aliadas aos outros componentes do limão – felandrina, limonina, óleo essencial, ácidos orgânicos, bioflavonoides, pectinas, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, sais minerais e vitamina C – controlam a acidez estomacal e eliminam resíduos, regenerando os tecidos inflamados. Assim, previne também outras doenças.
  • #10 – Comer devagar: comer rápido pode ser tão ruim como comer mal. Além de ajudar a engordar, pode facilitar a gastrite e o refluxo.
  • #11 – Beber água: beber a quantidade indicada de água (2 a 3 litros por dia) pode te ajudar a acabar com os sintomas do refluxo.
  • #12 – Atividade física: auxilia no alívio do estresse e melhora do humor, evitando assim a gastrite nervosa.

NÃO Indicados no Tratamento de Gastrite e Refluxo

Se você tem gastrite ou refluxo passe longe desses alimentos e bebidas:

  • Cigarro: aumenta a acidez estomacal;
  • Refrigerante: pioram os sintomas da gastrite;
  • Ficar muito tempo sem comer;
  • Café e chá preto: a relação dessas bebidas com a gastrite ainda gera algumas controvérsias, pois tem uns que defendem que a cafeína pode piorar a gastrite e outros que discordam disso;
  • Leite: apesar de aliviar inicialmente, as proteínas do leite são difíceis de ser digeridas e por isso aumentam a produção de ácido, piorando ainda mais.

Cuidado com os Remédios Indicados para Tratamento 

Grande parte dos médicos indica os antiácidos ou os inibidores da bomba de prótons (omeprazol, pantoprazol). No início eles até minimizam os sintomas, porém eles trazem outros danos ao nosso organismo.

Esses remédios são indicados para reduzir a secreção de ácido gástrico e assim, os sintomas como a azia pode até desaparecer. Entretanto, essa forma de tratamento, que atua na inibição do sintoma e não na causa do problema, pode gerar vários danos, além de sobrecarregar outras partes do organismo.

O ácido gástrico é produzido porque é essencial para o equilíbrio do organismo e a inibição desse mecanismo natural com remédios, como o omeprazol, pode acabar causando sérios problemas.

O estômago apresenta nível de acidez elevado. A principal função da acidez elevada (pH menor que 3) é matar bactérias.

As bactérias entram no estômago durante a ingestão de alimentos. Desta forma, a cada refeição, diversas bactérias invadem a cavidade estomacal e o ácido presente no suco gástrico mata a maioria delas. Se o ácido gástrico, indispensável à proteção do corpo, for inibido com medicamentos, as bactérias que são ruins, as quais liberam fortes toxinas, não serão eliminadas no estômago e alcançarão o intestino, podendo causar diarreia, gases com odor desagradável, mau hálito e diversos outros problemas.

O que podemos perceber sobre o tratamento para gastrite e refluxo é que ainda existem algumas dúvidas sobre o que é indicado ou não. Porém, o que fica claro é a melhor eficiência dos remédios naturais (alimentos e hábitos saudáveis) em vez de remédios de farmácia.

Muitos médicos ainda indicam o uso de antiácido, omeprazol, etc. Porém, vimos que a longo prazo eles podem ser prejudiciais ao nosso corpo.

Os tratamentos mais eficazes são através de remédios naturais, prática de atividade física e a melhora dos hábitos alimentares de maneira geral. Comer mais frutas (de preferência não ácidas) e verduras, beber água regularmente e evitar bebida alcoólica.

Além de apostar em alimentos probióticos como o iogurte desnatado e o kefir.

Com essas informações acredito que você já pode fazer seu tratamento para gastrite e/ou refluxo.

Comece a usar esses remédios naturais e deixe um comentário mostrando como foi o resultado para você.