É qualquer forma de atividade física que é realizada no mínimo por 12 minutos. São exemplos dos principais exercícios aeróbicos: Andar, correr, nadar e pedalar. Os músculos conseguem manter-se em atividade, pois recebem um suprimento constante de oxigênio, enquanto a energia de que precisam é fornecida pelas reservas orgânicas de glicose, glicogênio e gorduras. Exercícios aeróbicos são a atividade mais adequada para melhorar o nível do condicionamento físico, principalmente o desempenho e eficiência do coração, pulmão e músculos, por que eles precisam trabalhar mais para aumentar a quantidade de sangue rico em oxigênio que circula pelo corpo e irriga os músculos. Como o esforço feito pelos músculos não é muito grande, há oxigênio suficiente para atender suas exigências. Recomendações: Iniciar o treinamento devagar e ir aumentando a intensidade, durante algumas semanas. Exercitar-se até acelerar os batimentos cardíacos e ficar ligeiramente ofegante, mas não até ficar sem fôlego. Inicialmente, exercitar-se continuamente por pelo menos 20 minutos, em dias alternados, 3 vezes por semana. Aumentar em cerca de 10% o tempo ou a distância a cada uma ou duas semanas, isso irá depender do nível de condicionamento físico e limitações do praticante.

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA REGULAR:

  • Melhora a circulação sanguínea
  • Diminuição da pressão arterial.
  • Tonificação da musculatura.
  • Elevação das reservas de energia nos músculos, o que aumenta a resistência.
  • Fortalecimento do musculo cardíaco.
  • Fortalecimento dos músculos envolvidos na respiração.
  • Perda de gordura corporal.
  • A prática regular de exercícios aeróbicos causa a liberação de endorfinas, substâncias que atuam como analgésicos naturais, além de combater o estresse, a depressão e ansiedade.
  • Fortalecimento do sistema imunológico. Muitos estudos demonstraram que pessoas que praticam exercícios regularmente são menos vulneráveis a doenças virais, como gripes e resfriados.
  • Maior disposição. O exercício físico pode deixá-lo cansado em curto prazo durante e logo após os exercícios, porém, em longo prazo, é responsável por uma maior disposição e redução da fadiga nas tarefas do seu dia a dia.

Saúde e treino consciente sempre!

VOCÊ SABIA?

Que treinar, pode controlar a obsessão pelo cigarro. É muito comum escutar dos fumantes que eles não param de fumar para não engordar. Um estudo feito nos Estados Unidos revelou que ex-fumantes que começam a se exercitar após largarem o vício apresentaram 84% mais chances de permanecer sem fumar, em relação ao grupo que não recebeu o mesmo incentivo.