O Halovar é semelhante ao Halodrol. Ele possui 4-cloro-androsta-1 ,4-dieno-3, 17-diol em sua composição.

Este esteróide é vendido em cápsulas de 25 miligramas, o que é uma dose muito baixa para ser considerado um esteróide. O original Halodrol foi contaminado com Madol, o que tornou muito mais potente do que o “Halodrol” sozinho e deu às pessoas resultados muito melhores.

É uma prosterona muito boa, mas apesar de que em algumas pessoas, apresente alguns efeitos colaterais no fígado, nos níveis de colesterol e na pressão arterial. Ainda assim, o ingrediente ativo do Halovar é um dos mais leves que existem. Ainda é tecnicamente ilegal e também está para ser retirado do mercado.

Músculo de baixa qualidade

O Halovar não é muito potente. Ele promete aumentar os níveis de testosterona no organismo, mas parece que isso não acontece. Porque o produto oferece muito pouco em se tratando de volume muscular, e ainda pode lhe causar os problemas já mencionados nesse artigo.

Veja o que ele promete:

  • Aumento imediato de força
  • Máxima definição e vascularização
  • Desenvolvimento máximo de massa muscular seca
  • Particularmente adequado antes de competições
  • Preservação máxima após o desmame
  • Sensibilidade aumentada à insulina e a síntese de glicogênio melhora

Modo de usar o Halovar:

São duas cápsulas por dia, dividido em duas doses. A primeira dose deve ser tomada em jejum, antes da sua primeira refeição com carboidratos. A segunda dose deve ser tomada no pós-treino, juntamente com uma fonte de carboidrato de alto índice glicêmico. O efeito do Halovar ocorre até 72 horas após a primeira dose. E deve ser aplicado durante um período máximo de 4-6 semanas.